Celebration - 15 de Setembro de 2016

pt - Educação e qualidade


O ponto central dos ensinamentos de Jesus é a prática da partilha. Sendo uma catequese fundamental, o texto mais repetidos nos evangelhos é o episódio da multiplicação dos pães.


Diante da grande multidão que veio em busca dos sinais que Jesus fazia, acolhendo e curando os doentes, surge um grande desafio: como alimentar tanta gente?


Jesus provoca Filipe, perguntando pela quantia de dinheiro necessária para tanto. Filipe responde que nem o salário diário de 200 trabalhadores seria suficiente.


Chega então André conduzindo um menino a Jesus. O menino apresenta a Jesus cinco pães de cevada e dos peixes, secos e salgados. Era a marmita com a alimentação que havia levado para o dia de trabalho. André não acredita no gesto do menino ao dizer “O que é isso para tanta gente” Mas Jesus acolhe o gesto generoso de um jovem trabalhador que oferece o que tem: sua marmita.


O menino não diz nada. Mas no seu silêncio, ele está dizendo a todos, inclusive aos adultos “o que eu tenho não dá para todo mundo, mas o que eu tenho está aqui!”.


Para Jesus esse gesto de partilha é o suficiente. Em todos os episódios de multiplicação de pães esse é o ponto em comum: Jesus só multiplica aquilo que lhe é oferecido. Até hoje! Sem ofertório, não tem consagração nem comunhão.


Fonte: Cuidar da Casa Comum é nossa missão. Equipe das Pontifícias Obras Missionárias (POM) no Brasil.


Foto: Centro de Educação Popular Assunção (CEPA). Caruaru/PE.